Transição Capilar: O que é e como funciona

A transição capilar é aquele momento que você está mudando seu cabelo. Não interessa se você quer eliminar a cor do cabelo natural e passar a ter outra tonalidade ou se está deixando o liso de lado para assumir os cachos, a transição é sempre um momento de muita atenção. Isso porque a mistura de químicas pode dar problema no cabelo, fazendo com ele caia e até tenha problemas mais sérios, como por exemplo a perca de cabelo na raiz e danos ao coro cabeludo.

Transição Capilar: O que é e como funciona (Foto: Divulgação)

Transição Capilar: O que é e como funciona

Agora que já sabe o que a transição capilar vamos te explicar como ela funciona:

A transição depende muito do que você quer mudar do seu cabelo. Isso porque se for mudança de coloração, por exemplo, o processo pode ser mais lento e tenha várias formas de se fazer essa mudança. Também existe a mudança de formato de cabelo. Abandonar o liso ou o cacheado também exige muito.

Problemas no momento de transição

É muito arriscado esse momento, pois a pessoa pode não ter paciência e acabar colocando química em cima de química. Se você quer mudar a cor do seu cabelo e acabar pintando em cima da tinta quer escolher acaba manchando.

O problema fica ainda maior se a química em questão provocar quedas e até um corte químico. A queima do couro cabeludo também pode acontecer nesse processo. Quando se quer fazer a transição com segurança é preciso ir a um cabeleireiro experiente e até exercitar a paciência.

Transição Capilar para quem quer mudar o cabelo (Foto: Divulgação)

Cabelo sem uniformidade

O cabelo pode ficar sem padrão durante a transição, Quem quer livrara o cabelo de qualquer processo químico precisa deixar ele crescer e ir cortando a parte com a química que quer eliminar. Nesse processo vai chegar um ponto que você vai ficar com o cabelo meio liso, meio enrolado, meio loiro, meio castanho e assim por diante.

Vai ficar bonito de cara? Nem sempre vai! Mas é necessário passar por esse processo. Tenha paciência que o resultado final vai vale a pena.

Cabelo cacheado diferenciado (Foto: Divulgação)

Cortar o cabelo mais curto

Química não some com outra química. Por isso, se quer transformar seu cabelo sem precisar exigir muito dele é necessário cortar. Se não tem paciência para ir cortando aos poucos o jeito é fazer um corte mais curto. Existem mulheres que sente-se melhor se cortar o cabelo curtinho em vez de simplesmente esperar e ir cortando a cada 2 meses o cabelo em escala menor.

Cabelo após transição (Foto: Divulgação)

Produtos que não pode ser misturados

Quando a transformação é a mudança de uma forma de alisamento para outro é necessário ficar atento, pois muitos produtos não podem ser misturados. Se você usa Rene, por exemplo, e quer mudar para progressiva, a dica é simplesmente esperar o cabelo crescer.

É melhor ter paciência do que simplesmente continuar o processo de alisamento e detonar o cabelo. Quem tem presa pode ficar careca e não terá um resultado satisfatório. Mais um vez reforçamos que química não neutraliza química, por isso cuidado.

 

Add Comment