10 dicas para evitar o calorão da menopausa

Conhecida pelo famoso “calorão”, a menopausa é na verdade um período fisiológico que ocorre com a mulher após sua última menstruação espontânea – geralmente entre os 45 e 55 anos, após este período, é considerada uma menopausa tardia. Além disso, seu início só pode ser considerado após um ano de seu último fluxo menstrual.

(Imagem: Google Imagens/Divulgação)

10 dicas para evitar o calorão da menopausa

Durante este período ocorrem diversas mudanças no corpo da mulher, principalmente hormonais, que podem acarretar em ressecamento vaginal; as famosas ondas de calor; insônia; diminuição do desejo sexual; até depressão e ansiedade, dentre outros. Confira estas 10 dicas para passar por esta fase fisiológica com mais calma:

1 – Alimentação é tudo

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

Manter uma alimentação saudável, baseada em legumes, frutas, verduras e outros alimentos que possuam menos calorias reduz e muito o ganho de peso durante a menopausa. Uma boa dica é também evitar alimentos ricos em açúcar, gorduras, muito sal, além dos refrigerantes.

2 – Atente-se a balança

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

Assim como ocorre quando menstruamos a primeira vez, com a menopausa, o nosso metabolismo sofre diversas mudanças. Uma delas é a facilidade do ganho de peso – este pode ser maligno na piora de outros sintomas, como o famoso “calorão” e aumento do risco de doenças cardíacas.

3 – Mexa-se!

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

A prática de exercícios físicos também é um ótimo contribuinte para a menopausa, pois além de controlar seu peso durante este período, também pode ajudar a evitar as ondas de calor.

4 – Para se refrescar

(Imagem: Google Imagens/Divulgação)

Uma das maiores queixas das mulheres durante este período são as ondas de calor, que parecem ser impossíveis de controlar. Parecem, mas não são. Assim que elas vierem, busque abrigar-se em algum lugar fresco, e sempre mantenha um ventilador em seu quarto para quando for dormir – para os casos de suores noturnos.

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

Além disso, beba bebidas refrescantes como sucos naturais de frutas, smothies, leite gelado e muita água. É importante evitar os líquidos quentes e bebidas alcóolicas, assim como os refrigerantes.

5 – De olho na saúde

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

 Visite seu médico periodicamente. Diversos estudos apontam que mulheres no período da menopausa sofrem com hipertensão, diabetes e até problemas na tireoide, sendo assim, o médico será sempre seu melhor amigo.

6 – Cigarro? Jogue fora!

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

Além de já ser um mal para a saúde por si só, o cigarro é o dobro para as mulheres durante a menopausa. O uso deste aumenta e pioras as ondas de calor, além de aumentar o risco de infarto, dentre outras doenças.

7 – Mau ou bom humor?

Por ser um período em que a mulher sofre diversas variações hormonais, que podem deixá-la mais sensível e irritável, e consequentemente mais propensa a depressão, converse com seus amigos e familiares para que eles entendam pelo o que você está passando. Procure também um ginecologista ou psiquiatra caso esteja com suspeita de depressão.

8 – Quando que começa?

Por não possuir uma idade certa, fique atenta aos primeiros sinais da menopausa, como a onda de calor, irritabilidade – no Brasil, a média é de 50 anos – e procure seu médico.

9 – Cuide-se, sempre.

(Imagem: Pixabay/Divulgação)

A menopausa muitas vezes pode ser tratada com medicamentos e tratamentos hormonais. Porém, algumas mulheres – por risco de desenvolverem algum tipo de câncer ou problemas cardiovasculares – não podem receber este tipo de tratamento. Nestes casos, é necessário conversar com seu médico e procurar outras alternativas, como os tratamentos baseados nos produtos naturais.

10 – Vitamine-se

Uma boa opção é a ingestão da Vitamina E. Além de possuir forte ação antioxidante, também pode vir a ajudar a controlar diversos sintomas da menopausa. Busque o seu médico.

 

Add Comment