Herpes: Quais os tipos e causas?

Herpes: Quais os tipos e causas? É o que vamos falar aqui para te ajudar a se livrar desse mal. A herpes nada mais é do que uma doença que pode ser transmitida por meio de relação sexual ou até através do beijo, ou seja, muitos não sabem dos perigos de se ter herpes e nem como podem pegar esse mal. Por isso, resolvemos falar um pouco desse mal que assola cada vê mais pessoas.

Herpes: Quais os tipos e causas? – Tenha cuidado pois esse mal pode se alastrar e ter mais sintomas graves do que você imagina (Foto: Divulgação)

Herpes: Quais os tipos e causas?

São muitos os motivos que podem levar a pessoa a ter herpes, como por exemplo, ela não se cuidar com relação quem beija. Quem vê cara não vê coração como já dizia o ditado popular. Mas, isso vale bem para doenças. A pessoa que possui um vírus não sabe que o tem até que ela consiga fazer exames que comprovem isso.

Confira a seguir mais causas da herpes que vão além do beijo:

– Compartilhamento de batom

– Compartilhamento de copos e talheres

– Compartilhamento de garrafas de água

– Ter relação íntima com uma pessoa infectada

– A saliva é o maior transmissor.

Aprenda mais sobre herpes e saiba como inibir esse problema que pode ser o sintoma de outra doença ou simplesmente uma prova de que a sua imunidade está baixa (Foto: Divulgação)

Vírus da herpes simples tipo

Geralmente a herpes aparece na boca, no rosto e na arte interna dos lábios. Esse é o vírus mais normal de herpes simples e a maioria das pessoas têm o contato primário com esse vírus logo quando criança. Esse tipo de herpes gera ferida como as aftas, ou até expande e gera infecção no olho e nos casos mais graves vai para  o revestimento do cérebro (meningoencefalite).

Veja como funciona a herpes em seu organismo. O tratamento nem sempre é necessário, pois o seu corpo e sistema imunológico é que precisa reagir (Foto: Divulgação)

Sintomas da herpes

Os sintomas são conhecidos pela maioria das pessoas, confira:

  • Bolhas pequenas, aftas ou úlceras na maioria das vezes nos lábios, nas gengivas ou até mesmo na área genital
  • Esse tipo de herpes também ataca os nódulos linfáticos sempre aumentando como no pescoço ou na virilha
  • A febre é bem comum, principalmente no processo dos primeiros sintomas de infecção
  • Lesões na área genital podem ser uma dica de que está com herpes

Trate da herpes labial (Foto: Divulgação)

Tratamento de Herpes

Na maioria dos casos de herpes labial o corpo mesmo dá conta de eliminar os problemas com as herpes labiais, mas o vírus continua em seu organismo e se manifesta quando a imunidade cair, por exemplo.

No entanto, as pessoas que têm surtos graves e longos (principalmente se for a primeira vez que for infectado), ou até que sempre tem esse mal precisam sempre usar medicamentos antivirais.

Quem tem sempre surtos de herpes precisa continuar fazendo o uso dos medicamentos via oral. O problema assim fica menos grave e a incidência de ter herpes diminui.

 

Add Comment