O Que é Psicoterapia?

Alguma vez você já se deparou com este questionamento: o que é psicoterapia? Porém, nunca obteve a resposta que esperava, certo? Desse modo, talvez pode ter imaginado mil e uma conclusões acerca do que realmente é psicoterapia. Entretanto, baseando-se no senso comum, muita informação pode ter sido deturpada.

E foi exatamente por isso que montamos o nosso guia de hoje. Nele vamos lhe ensinar, de maneira simples, o que é psicoterapia e todas as dúvidas mais comuns que abrangem este tema. Siga em nosso artigo e confira todas as informações!

 

o que é psicoterapia

Descubra o que é psicoterapia

 

O que é psicoterapia?

A psicoterapia diz respeito a um espaço de escuta e fala. É um espaço que você, enquanto paciente, pode dizer tudo que lhe vier à mente, sem censura. Ou seja, você poderá falar sobre todos os seus anseios, alegrias, medos, inseguranças e “certezas” sem nenhuma censura – e assim, sem medo de ser julgado.

Afinal, o psicólogo jamais fará isso: um julgamento. Ele está lá para, junto com você, traçar e encontrar novas perspectivas para a sua vida. Escutar os seus dilemas e questionamentos mais profundos, bem como questionar as suas maiores certezas.

A psicoterapia diz respeito a um tratamento humanizado, onde você terá acolhimento e escuta para lidar com os mais diversos acontecimentos de sua vida. Você será respeitado, será escutado e será questionado, o tempo todo.

Novas angústias e incertezas irão surgir, ao longo do tratamento. E são todos estes movimentos que irão enaltecer quem você é e quais são os seus desejos enquanto sujeito. Você passará a reconhecer pontos em sua vida que antes pareciam impossíveis.

E, muito além de se autoconhecer, passa a se desconhecer. Passa a perceber fragmentos em si mesmo que você duvidava existir. Vai conhecer um outro eu e, com isso, aprender um novo ritmo de viver.

É exatamente isso que ocorre na psicoterapia: o terapeuta e o paciente dançam uma música silenciosa. E é nesta música que ambos irão atingir o melhor ritmo para o sujeito. O ritmo que preserve os seus desejos. O ritmo que escute e analise as suas angústias. O ritmo que lhe mostre novas possibilidades e caminhos. O ritmo que irá quebrar paradigmas, desde os mais antigos.

 

o que é psicoterapia

O analista age como um bailarino que, diante do tropeço de sua parceira, a segura, evita que ela caia e, sem perder o passo, leva o casal a reencontrar o ritmo inicial. (Nasio).

 

Todo psicoterapeuta é psicólogo?

Não necessariamente. Infelizmente o conceito de “psicoterapeuta” abrange outras profissões e formações. E, por esse motivo, muita gente pode até mesmo ser enganada pro profissionais, pois pensam que os mesmos são psicólogos.

Para sanar esta dúvida, no entanto, basta você questionar ou procurar o CRP do profissional. Pois todo psicólogo precisa de um CRP ativo para pode exercer a sua profissão. Desse modo, se o terapeuta que você tem interesse em se consultar não possuir um CRP é porque ele não é psicólogo.

Ele pode ter qualquer outro tipo de formação, e talvez nem tenha o respaldo suficiente para ir adiante com uma psicoterapia propriamente dita. Por essa razão, não hesite em buscar informações acerca do profissional. Afinal, você estará tratando a sua vida, certo?

Quem pode fazer psicoterapia?

A psicoterapia diz respeito a um espaço de escuta, de acolhimento, enfim. Logo, não apresenta nenhum tipo de distinção de raça, idade, gênero, etc. Qualquer pessoa que se sinta convocada à uma psicoterapia poderá fazê-la.

Desse modo, existem profissionais especializados para alguns casos. O psicólogo, de maneira geral, pode atender qualquer demanda. Entretanto, nem sempre ele se sentirá apto para todos os casos, o que é super natural. A ética aparece quando o profissional encaminha estes casos.

No entanto, você poderá se deparar com profissionais especialistas em atendimento infantil, bem como especialista em atendimentos paliativos. Dessa maneira, caso você sinta a necessidade de alguma especialização a mais do profissional que você busca, basta você pesquisar até mesmo na iternet as opções.

Porém, sempre tendo em mente de que nunca haverá nenhum impeditivo para a psicoterapia. Há quem questione sobre pessoas que não falam, como poderiam fazer o tratamento? Oras! A linguagem não se dá apenas com palavras. Ela pode vir de gestos, de olhares, de outros fragmentos. Nesse caso, caberá ao terapeuta encontrar o melhor modo de transferência com o paciente, a fim de escutar aquilo que ele quer dizer.

Ou seja, qualquer pessoa pode fazer terapia. Lembrando do fato de que ela precisa querer fazer terapia. Precisa partir dela! Porém, isso não significa que quem for encaminhado não deve fazer, ou quem recebeu uma indicação não deve fazer. Não é isso! Mas a pessoa precisa estar disposta a falar e escutar coisas sobre si, que muitas vezes poderão ser difíceis e dolorosas.

 

Você se sente convocado à psicoterapia?

 

A psicoterapia apresenta um único objetivo pré-determinado?

Neste caso, depende. Depende da abordagem do psicólogo e do modo que ele irá manejar o tratamento. O que estamos querendo dizer é que, existem algumas abordagens diferentes dentro da própria psicologia.

Isso quer dizer que não existe uma única psicologia, mas sim, existem várias. Desse modo, existem várias formas de lidar com as questões psicológicas. E por conta disso, terão atendimentos mais diretivos como também haverá psicoterapia não diretiva. Enquanto uma é traçada com algum objetivo prévio, a outra se baseia em uma análise mais livre, sem uma linha a ser traçada e seguida.

Dessa maneira, caberá a você escolher o melhor tipo de linha de pensamento, aquele que melhor lhe agrade. Todas as abordagens apresentam seus pontos importantes na construção da psicoterapia e da psicologia. Entretanto, alguns profissionais se identificam mais com uma forma de trabalhar, enquanto outros se identificam com outras.

Assim, se você quiser conhecer um pouco mais sobre cada abordagem, basta fazer uma pesquisa rápida na internet para encontrar informações acerca de cada uma delas. Desse modo, este questionamento permanece em aberto, e a resposta seria apenas: depende do terapeuta que você escolher.

Eu, por exemplo, procuro trabalhar a análise do discurso do paciente. Com isso, não há um “objetivo” no sentido de “meta” que é traçado. Bem como não haverá “tarefas” para os pacientes. A terapia ocorre a partir da associação livre, da escuta e da atenção flutuante. Assim será possível escutar o sujeito inconsciente, bem como o desejo presente. E, a partir disso, questionar e traçar novos ritmos e possibilidades para cada sujeito, de maneira singular e única.

Por que fazer psicoterapia?

Agora que você já sabe, em linhas gerais, o que é psicoterapia, deve estar se perguntando sobre por que fazer, certo? No entanto, existem muitos fatores que irão envolver esta resposta. E todos estes fatores deverão ser pensados e respondidos por você mesmo.

Se quiser mais informações sobre o tema, e um aprofundamento maior neste questionamento em específico, clique aqui e acesse o nosso artigo em que abordamos exatamente este tema.

 

Add Comment