7 plantas ideais para a decoração de apartamentos

São inúmeros os benefícios causados pela presença de plantas em casa, e essas esverdeadas aliadas se mostram ainda mais importantes em um período que têm nos feito ficar mais dentro de nossos lares, como tem sido nos últimos meses.

planta na decoracao

Um guia com as principais espécies utilizadas em ambientes com pouca luz natural.

Além de purificar o ar, elas ajudar a relaxar e servem como umidificadores naturais, deixando o ambiente mais fresquinho. Algumas espécies inclusive possuem propriedades medicinais, combatendo crises alérgicas e outras enfermidades.

No conteúdo de hoje trouxemos algumas ótimas opções fáceis de cuidar e ideais para espaços mais urbanos como apartamentos à venda no Rio de Janeiro. Acompanhe!

Espada-de-São-Jorge

Perfeitas por seu tamanho e verticalidade, as espadas-de-São-Jorge se encaixam perfeitamente em espaços reduzidos. Elas podem ser plantadas em jardins internos e vamos, devendo ser irrigadas a cada duas semanas diretamente na terra, e não em suas cilíndricas folhas.

Begônia

Mais flor do que planta, a Begônia oferece diversas opções de cores para quem mora em regiões de clima quente e em imóveis com pouca incidência de luz natural. Essa decorativa espécie deve ser plantada em vasos e irrigada de duas a três vezes por semana.

Zamioculca

Outro exemplar que precisa de pouca luminosidade, a zamioculca é uma planta com folhas sempre brilhantes e de crescimento lento. Portanto, é uma espécie que pede a sua paciência para que atinja o seu verdadeiro potencial. 

No mais, basta regá-la apenas uma vez por semana e evitar que o sol atinja diretamente suas folhas. Um detalhe importante sobre a zamioculca: elas são venenosas, então não são uma boa opção para quem tem pets ou crianças em casa.

Filodendro

Para quem gosta de espécies pendentes, o filodendro mostra-se como uma alternativa às populares samambaias. Diferente de sua “prima”, o filodendro aprecia a meia sombra e deve ser regado sempre que sua terra estiver seca. Então vale a pena checá-la com frequência.

Bromélia

As bromélias são plantas de pequeno porte que podem dar um mais tropical à sua decoração. Não exigem a incidência da luz solar direta, mas bebem bastante água! Portanto, o ideal é que sejam regadas com água em abundância a cada dois dias e que se leve em consideração o acúmulo do líquido em sua pequena roseta, um prato cheio para o mosquito transmissor da dengue.

Pleomele

Mais uma espécie de nome diferente, a pleomele, à exemplo das outras citadas acima, é fácil de ser cultivada. Seus diferenciais são o entroncamento, pouco comum para plantas de apartamento, e sua flexibilidade que permite que ela seja posicionada sob o sol ou não. Para que ela cresça forte e saudável, regue-a regularmente.

Palmeira-areca

A palmeira-areca possui folhas elegantes e aneladas que devem ser colocadas à meia sombra para que não sofram com o sol. Mas, da mesma forma que essa espécie não gosta muito do calor, ela também não se dá muito bem com o frio. O ideal é encontrar um local com temperatura amena para posicioná-la e irrigá-la regularmente.

Além dessas espécies, o singônio, a árvore-da-felicidade, a costela-de-adão e a azaleia também são ótimas opções para interiores urbanos.

Independente da sua escolha, povoar a casa com a vida das plantas é um grande passo em direção ao bem-estar de toda a família e cuidar delas traz a paz e a tranquilidade necessárias para esse momento.

Sucesso em seu cultivo!

Add Comment