Catapora | Causas, Sintomas e Tratamento

A catapora é uma doença muito comum e aparece em diversas pessoas, de diversas idades e em diversos momentos da vida. Entretanto, existem alguns critérios que você precisa entender e levar em consideração. O que de fato é a catapora? Quais são as principais causas e sintomas? Existe algum tipo de tratamento ou vacina? Acompanhe o texto para descobrir e saber tudo sobre o assunto.

Catapora

A catapora é uma das doenças mais comuns em crianças. Entretanto, com o passar dos anos, novas vacinas foram surgindo e tornando este aparecimento muito mais esporádico. Porém, era comum de encontrarmos uma criança com a enfermidade pelo corpo.

Por mais que crianças são um dos principais “alvos” do vírus, não existe idade para contrair catapora. Uma vez que o vírus se instala no corpo, manchas na pele irão surgir pelo corpo. Após alguns dias, uma crosta irá crescer ao redor das manchas e causar muita coceira. Entretanto, é importante ligar o sinal de alerta quando os sintomas aparecerem. Acompanhe o texto para entender melhor.

catapora

Causas

A principal causa da catapora (ou varicela), é a presença do vírus Varicela-Zóster em alguma região do corpo que permita contato com as células internas. O principal fator da causa ainda é através do contágio e é comum a doença se proliferar no início da primavera e final do inverno.

Sintomas

Quando a catapora começa a se manifestar no corpo, principalmente em crianças, um dos sintomas mais comuns é febre. Após a febre, começa-se a notar uma indisposição muito forte, seguida de dores pelo corpo e dores ou pontadas na cabeça. Ou seja, sintomas básicos de um vírus que esteja procurando um espaço no corpo humano, não é mesmo?

Depois de passados dois ou três dias, os sintomas começam a ficar mais evidentes fisicamente. Ou seja, as famosas bolinhas vermelhas pelo corpo começam a surgir. Por mais que sejam feridas benignas, pode haver fortes coceiras depois do processo de formação da crosta na pele. É importante evitar a coceira para não causar machucados mais profundos e sangramentos.

catapora

Contágio

A catapora ou varicela é extremamente contagiosa! Aliás, esta é a principal causa, como mencionamos anteriormente. Por isso, é importante tomar cuidado para não compartilhar objetos com pessoas infeccionadas. O vírus pode se espalhar facilmente por uma série de situações, seja pela saliva, contato físico e até mesmo o ar.

Assim sendo, é de suma importância que você tome os devidos cuidados para não se aproximar nem compartilhar ambientes ou objetos com pessoas infectadas. Embora no início da doença seja difícil de perceber ou saber que a infecção ocorreu, é de imprescindível ficar atento aos sintomas.

Tratamento

O tratamento da catapora exige uma série de cuidados. O primeiro deles é, sem dúvidas, afastar-se de outras pessoas que não estão infeccionadas. O médico irá sugerir a incubação ou isolamento por um período determinado por ele. Pode ser de 10 a 15 dias. No entanto, vai depender de cada situação e do grau da doença.

Após manter-se isolado, algumas intervenções com remédios são feitas. Porém, não há muito o que fazer, pois trata-se de um vírus que o corpo irá se livrar com o passar do tempo. Basicamente o ideal é tratar os sintomas. Ou seja, buscar aliviar as coceiras, tomar cuidado com as feridas na pele, etc.

Por mais que seja difícil evitar as coceiras, é importante ressaltar que elas podem evoluir para quadros mais graves. Ou seja, evite o atrito e abertura de novas regiões na pele. Além disso, a catapora em pessoas idosas ou debilitadas requer uma atenção especial, visto que a imunidade será muito baixa neste período.

catapora

Existe vacina contra catapora?

Para o bem da população, sim, existe vacina contra a catapora. Felizmente ela está disponível e é recomendada para crianças a partir de um ano, além de idosos, adultos e adolescentes que tenham baixa imunidade. Para evitar o contágio e controlar a doença é recomendado seguir uma série de cuidados. Veja como:

  • A vacinação é o primeiro passo;
  • Se você já possui a doença, lave as mãos toda vez que tocar nas feridas;
  • O isolamento é necessário;
  • Desinfetar objetos manipulados por pessoas com catapora é fundamental;

A prevenção e o tratamento em caso de infecção é de suma importância. Cuide-se.

Add Comment