Colágeno Hidrolisado

Você sabe o que é colágeno hidrolisado? Será que a suplementação com colágeno realmente funciona? Saiba isso e muito mais nesse post.

O colágeno corresponde a 30% de toda proteína do nosso corpo e 70% do total da pele. Com toda essa abundância no organismo, você já parou para pensar o quanto ele é importante? 

colágeno

O Colágeno tem diversos benefícios para nossa saúde e bem estar.

Tudo sobre Colágeno Hidrolisado

O colágeno é uma proteína estrutural essencial para manter a integridade e saúde pele, tendões, ligamentos, artérias, músculos e ossos. Além de dar suporte e proteção para outros tecidos menos resistentes e órgãos. Está presente também nos cabelos e unhas

Geralmente a partir dos 30 anos de idade nosso organismo diminui a produção de colágeno, sendo necessária a sua suplementação.

A deficiência de colágeno começa a ser notada com a diminuição da elasticidade e hidratação da pele, ocasionando o aparecimento de rugas, estrias e flacidez.

Além disso, a densidade dos ossos e dos músculos podem diminuir e as articulações e cartilagens se tornam mais frágeis.

Apesar de serem fatores típicos do processo de envelhecimento humano, o fumo, a exposição excessiva ao sol, dieta inadequada e algumas doenças também podem interferir  na produção de colágeno.

A falta de colágeno  acelera o processo natural de envelhecimento tanto da pele quanto de todo o organismo.

Por conta disso, houve um aumento no interesse por suplementos de colágeno hidrolisado. A procura é tanta que essa proteína foi incorporada em diversos produtos alimentícios, como iogurtes, sucos, balas e gelatinas. E também na composição de cosméticos.

A suplementação com colágeno hidrolisado favorece a produção de colágeno pelo organismo e a consequente melhora na elasticidade e firmeza da pele e prevenção de doenças, como a osteoporose.

O que é colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado é um suplemento alimentar fonte de aminoácidos constituintes do colágeno que pode ser obtido de diversas espécies animais (bovinos, suínos, peixes, etc.).

No Brasil, é feito principalmente a partir de ossos e de cartilagem bovina (subprodutos da indústria de carne), em razão da elevada exportação de carne brasileira.

O nome hidrolisado diz respeito ao processo que passa para chegar até a forma em que se encontra nos suplementos ou em produtos de beleza.

Ele é um colágeno fracionado, ou seja, que passou por um processo de quebra da sua molécula em pedaços menores. Assim, é mais facilmente absorvido pelo organismo.

Por sua rápida e fácil absorção pelo organismo, a suplementação de colágeno ocorre em sua forma hidrolisada.

A suplementação é recomendada a partir dos 30 anos, já que a partir dessa idade o organismo gradualmente passa a sintetizar menos colágeno. 

Porém, pode ser usada mais cedo por pessoas possuem hábitos pouco saudáveis, que fumam, que se alimentam inadequadamente ou passam muito tempo ao sol, já que esses fatores contribuem para a menor produção de colágeno no organismo.

O que o colágeno faz no corpo?

O colágeno é uma proteína essencial para a manutenção da estrutura, integridade e saúde de diversos tecidos e órgãos do corpo humano.

O consumo frequente de colágeno hidrolisado pode aumentar a produção de colágeno pelo organismo e assim, retardar o envelhecimento da pele, melhorando a firmeza, hidratação e redução da flacidez cutânea.

beneficio do colageno

Ele também atua no fortalecimento de unhas e cabelos, dando para este maior resistência e espessura, aumento do crescimento e brilho dos cabelos.

O uso de colágeno hidrolisado se mostra satisfatório no tratamento e prevenção de dores articulares, artrose e osteoporose. Por isso, a suplementação é indicada para minimizar as lesões na terceira idade e também em atletas. 

Benefícios do colágeno hidrolisado: 

-Melhora da firmeza e elasticidade da pele;

– Proteção às articulações;

– Auxiliar no tratamento da osteoporose;

– Prevenção do envelhecimento precoce; 

-Prevenção e redução de celulites;

-Prevenção de estrias;

-Prevenção de rugas;

-Fortalecimento dos cabelos e unhas;

-Proteção do sistema circulatório;

-Melhora na construção muscular.

Tipos de colágeno

O termo “colágeno” é usado para denominar pelo menos 27 isoformas de proteínas encontradas em tecidos conjuntivos pelo corpo, como em ossos, tendões, cartilagem, veias, pele, dentes e músculos.

A estrutura e a função do colágeno são determinadas pela sequência dos aminoácidos e local de ação. Assim, em alguns tecidos, o colágeno pode ter a forma de um gel, enquanto que em outros se apresenta como fibras altamente resistentes.

Dentre os tipos de colágenos já identificados, o tipos I é o mais abundante em nosso organismo, representando até 90% de todo o colágeno corporal.

O colágeno tipo I (colágeno nativo ou tropocolágeno) é o mais comum e pode ser encontrado em locais que resistem a grandes tensões, como a pele, tendões, ligamentos, ossos e dentes.

O colágeno hidrolisado, consumido nos suplementos, é obtido a partir do colágeno tipo I de animais, principalmente bovinos.

Os outros colágenos estão distribuídos em menores concentrações pelo corpo de acordo com sua função e forma, sendo que:

O colágeno Tipo II é uma espécie de gel que funciona como um amortecedor, podendo ser encontrado nas funcionam como uma espécie de amortecedor, que são locais que devem resistir a grandes pressões.

O colágeno Tipo III é primariamente de sustentação e está presente nos órgãos, como baço, fígado, rins, estômago, intestinos, pulmões, coração, vasos sanguíneos e músculos lisos.

O tipo IV tem função de revestimento no estômago, bexiga, uretra, nas paredes da cavidade torácica e glândulas endócrinas, como a tireoide.

O colágeno tipo V se junta ao tipo I nos ossos e tendões. O tipo VI é encontrado no sangue e na placenta, o tipo VII e VIII formam algumas células endoteliais e o tipo IX é encontrado na retina e na córnea.

Quanto tempo leva para o colágeno hidrolisado fazer efeito?

Uma das principais causas e consequências do envelhecimento é a perda do colágeno. Com o passar dos anos, o organismo perde gradualmente sua capacidade de produzir colágeno. 

Isso acontece geralmente em torno dos 30 anos, quando, mesmo com uma alimentação balanceada, a perda de colágeno acontece na proporção de 1% a cada ano.

A queda na síntese é mais drástica após os 50 anos, onde a produção de colágeno cai para aproximadamente 35%. 

Com a menor quantidade de colágeno no organismo, essa proteína vai sendo substituído por outro tecido, menos elástico e mais fibroso. 

A consequência disso é as condições normais do envelhecimento, como a perda da hidratação e elasticidade da pele, bem como o aparecimento das rugas, celulites e flacidez. Os cabelos perdem o brilho e as unhas ficam mais fracas.

Além da aparência, a perda de colágeno é sentida também nos músculos, ossos, articulações e ligamentos. Por conta disso, o corpo fica mais susceptível a fraturas.

Para prevenir o envelhecimento e melhorar a saúde das articulações, é essencial repor o colágeno perdido com o suplemento de colágeno hidrolisado. 

Quando consumido regularmente, ele ajuda a formar o novo colágeno e assim, fortalecer as juntas, melhorar a tensão da pele e prevenir doenças.

Os primeiros efeitos da suplementação diária com o Colágeno Hidrolisado podem ser notados após dois a três meses de consumo.

Além da ingestão de colágeno hidrolisado, outra substancia é importante para potencializar os efeitos do colágeno no organismo, é a vitamina C.

Por conta disso, alguns dos melhores suplementos de colágeno já contêm vitamina C em sua formulação. Para aqueles que não possuem, é aconselhável diluir o colágeno ou tomar as cápsulas com alguma fonte de vitamina C, como suco de limão, laranja, abacaxi ou tangerina.

Add Comment