Como Escolher a Cor Correta de Base

Aprender a como escolher a cor correta de base não é fácil. E até que se aprenda, vamos errando em diversas tonalidades aleatórias. Quando percebemos, ou a pele parece um pouco clara demais, ou muito escura… Muitas vezes, mais amarelada, rosada e até cinza. Existem diversos fatores que envolvem a tonalidade de uma pele, e é preciso conhecer a sua para que possamos encontrar a base correta.

Para te ajudar, portanto, criamos o nosso guia de hoje. Nele você aprenderá alguns passos importantes na hora de escolher a cor da sua base. A partir disso, poderá adquirir aquela que realmente combina com a sua pele, e que valorize ainda mais a sua beleza. Acompanhe a seguir para saber mais:

 

(Foto: Divulgação)

 

Como escolher a cor correta de base

Antes de sair escolhendo a cor da sua base, é preciso pensar na tonalidade da sua pele, de fato. E quando falamos em tonalidade, não estamos questionando se a sua pele é mais branquinha ou mais negra. Mas sim, estamos falando do fundo da sua pele. O que isto quer dizer? Quer dizer que a sua pele não é apenas um branco ou um preto. Mas sim, ela tem um fundo de cor. E este fundo pode ser:

  • Amarelo: Uma pele mais amarelada, tem um ar de sempre quente, com uma pegada mais acalorada.
  • Rosa: A pele rosadinha é daquelas mais suaves, que ficam vermelhas facilmente e que são mais sensíveis.
  • Cinza: A pele cinza é aquela mais opaca, que não destaca tanto quanto a amarela.

Conhecendo o “fundo” da sua cor, você poderá pesquisar entre a gama de bases que se encaixem neste fundo.

Onde testar a cor da base?

Agora que você já pode notar se a sua pele é amarela, cinza ou rosa, é hora de escolher a base propriamente dita. Como? Testando ela na junção do pescoço com o rosto, em um traço de 10 cm. Assim você vê se a cor combina e se adapta tanto com o seu pescoço, quanto com a sua face. Logo, não haverá aquela diferença gritante no fim da produção.

Portanto, é claro que não haverá uma cor perfeita para a sua pele. Mas sim, uma tonalidade que combine tanto com o rosto, quanto com o pescoço.

 

 

Não encontrou a base certa?

Mesmo depois dessas dicas, você ainda não encontrou uma base certa para você? Pode ser que você esteja com um dilema chamado: a sua cor é rara. E, como resolver isso? Pois bem, uma solução é você adquirir aquelas duas bases, a mais clarinha e a mais escura que você testou. Depois, ir misturando um pouquinho de cada até formar a tonalidade que você precisa. Assim, você terá uma base exclusiva, mas que terá ainda mais durabilidade, não é?

Apesar de ter um investimento inicial maior, adquirindo dois produtos, o que duraria 6 meses, durará um ano! Logo, é um investimento em longo prazo muito bom, pois você terá, durante um ano, a base perfeita para a sua cor de pele.

Aposte nestas dicas e desfrute de uma maquiagem sempre linda!

Add Comment